Crítica – A Menina que Roubava Livros (filme)

fevereiro 18, 2014 em Artigos e Notícias, Cinema e TV, Filmes, Literatura, Livros por Daniel Arquimedes

Share Button

Brian Percival é um cineasta relativamente novo nas telonas, ou pelo menos no “ramo” dos blockbusters, entretanto foi designado à ele uma obra sobre a qual foram construídas grandes expectativas durante muito tempo. Não só o público tradicional dos cinemas tinham os olhos sobre esse filme, mas também os antigos leitores da obra de Markus Zusak. Era preciso apostar alto, e o ator Geoffrey Rush (Piratas do Caribe, O Discurso do Rei, Lanterna Verde) e o compositor John Williams (Star Wars, Harry Potter, Jurasic Park, E.T. – O Extra-terrestre) foram os principais componentes dessa aposta. Grandes talentos que foram usados de forma totalmente sóbria em A Menina que Roubava Livros.

Ler o resto deste post →

Resenha РA Culpa ̩ das Estrelas, de John Green

fevereiro 3, 2014 em Literatura, Resenhas por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

John Green é um autor expoente da chamada sicklit, gênero caracterizado pelo romance de adolescentes que estão prestes a serem vitimados por uma doença mortal. Assim como as histórias de vampiros, anjos, distopias e chick-lit, é também uma onda literária com grande força no mercado, sendo o público jovem seus principais leitores.

Ler o resto deste post →

Resenha РFunda̤̣o РIsaac Asimov

janeiro 11, 2014 em Artigos e Notícias, Literatura, Livros, Resenhas por Daniel Arquimedes

Share Button

Isaac Asimov: o maior escritor de ficção científica de todos os tempos? Nem todos concordam, mas temos que combinar: se ele não é isso, com certeza chegou bem perto. Tanto que várias de suas obras são inegavelmente clássicos, conhecidas por muitas pessoas, mesmo que não pelas mídias originais. Quem nunca ouviu falar de “Eu, Robô” ou de “O Homem bicentenário”? E eu, que cada vez mais estou apaixonado pelo gênero “SciFi”, decidi me aventurar em umas das obras mais complexas e consagradas de Asimov: A trilogia da Fundação, a qual, em 1966 ganhou o prêmio de melhor Ficção científica e fantasia de todos os tempos, ganhando inclusive (acredite se quiser) de O Senhor dos Anéis.

Ler o resto deste post →

Resenha – O Oceano no Fim do Caminho – Neil Gaiman

janeiro 7, 2014 em Artigos e Notícias, Literatura, Livros, Resenhas por Daniel Arquimedes

Share Button

De vez em quando algumas coisas nos pegam de surpresa, quando estamos totalmente desprevenidos. Acabo de me surpreender com um livro. “O Oceano no Fim do Caminho” de Neil Gaiman, um romance que apesar de adulto, apresenta uma incrível sensibilidade para a infância.

Ler o resto deste post →

Resenha – O Festim dos Corvos, de George R. R. Martin

dezembro 28, 2013 em Literatura, Resenhas por Daniel Arquimedes

Share Button

capa o festim dos corvos

Ufa! Finalmente terminei de ler “O Festim dos corvos”! Estou agora sentindo o gostinho da vitória que só quem já leu uma ficção fantástica com mais de 500 páginas consegue sentir. E esse gostinho é melhor ainda quando esse livro é extremamente complexo. Aí paro pra pensar: Ainda bem que gostei bastante do livro, senão seria difícil aguentar!

Ler o resto deste post →

Resenha – O Mapa do Tempo

dezembro 2, 2013 em Literatura, Resenhas por André BIGBOSS

Share Button

Todos já nos envolvemos em pelo menos uma discussão sobre o clássico tema “Viajem Temporal”, as teorias são variadas e abrangem uma gama de impossibilidades imagináveis que muitas vezes nos surpreendem, e é sobre isso que se trata o livro O Mapa do Tempo de Félix J. Palma.

Quase como uma pegadinha entre irmãos, recebi O Mapa do Tempo de presente apenas por sua escrita aparentemente rebuscada. Mal sabia eu que estava prestes a começar uma das melhores experiências de leitura que tive até agora. Ler o resto deste post →

Resenha – A Torre Negra: As Terras Devastadas

novembro 27, 2013 em Literatura, Resenhas por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

Em O Pistoleiro, primeiro volume da Torre Negra, somos jogados no Mundo Médio sem qualquer referência ou explicação do que está acontecendo com esse mundo que “seguiu adiante”, simplesmente acompanhamos o pequeno arco de um pistoleiro perseguindo um misterioso homem de preto, e a história termina com um aspecto introdutório de que a trama (re)começará daquele ponto. No volume seguinte, A Escolha dos Três, o cenário da história dividi-se entre a nossa realidade e o Mundo Médio de Roland de Gilead; novos personagens, que irão compor o núcleo de aventureiros do pistoleiro em busca da Torre Negra, são apresentados em luta com seus próprios conflitos internos. Já em As Terras Devastadas, a jornada de Roland finalmente parece ter início, além da adição do último membro de seu grupo que faz uma ponte com acontecimentos mostrados no primeiro livro.

Ler o resto deste post →

Resenha РA Torre Negra: A Escolha dos Tr̻s

novembro 20, 2013 em Literatura, Resenhas por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

A desvantagem na leitura de uma série literária, quando seus volumes não são lidos consecutivamente, é o esquecimento de alguns fatos anteriores no enredo, o que obriga o leitor a reler um ou mais livros para atualizar a memória. Mas no caso de A Escolha dos Três, segundo volume da série A Torre Negra, Stephen King traz no prefácio um sucinto resumo dos principais acontecimentos de O Pistoleiro, informações suficientes para refrescar a memória do leitor.

Ler o resto deste post →

Resenha – A Torre Negra: O Pistoleiro

novembro 12, 2013 em Livros, Resenhas por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

Resenha A Torre Negra O Pistoleiro capa arma

Após a leitura de A Zona Morta, este foi o segundo livro de Stephen King que leio, e pretendo finalizar a leitura dos sete títulos que compõem a série até o final de 2013. Apesar de ser apontado como um dos mestres do terror e do suspense da atualidade, tanto A Zona Morta quanto A Torre Negra (pelo menos, por enquanto) são títulos escritos em outros vieses, a saber, o primeiro tende ao drama, e o segundo à fantasia, ficção científica e um pouco de faroeste (embora contenha alguns toques de horror e outros gêneros). Logo, deixarei para conhecer os livros de horror mais clássicos em outra ocasião. Contudo, a Torre Negra é uma série marcante na carreira do autor, tanto que, quando o King sofreu um acidente de carro que quase o matou, muito de seus leitores disseram “Ah, lá se vai o final de A Torre Negra”, posto que a série ainda encontrava-se inacabada na época. Na verdade, ela aparentemente ainda está inacabada, já que o autor lançou um oitavo volume cujo enredo situa-se entre o terceiro e quarto livro. Ler o resto deste post →

Conheça a arte de Skottie Young.

outubro 10, 2013 em 42, Artigos e Notícias, Design e arte, HQs por Bianca Linguicinha

Share Button

Ilustrador e cartunista há mais de dez anos, Skottie Young trabalha para  empresas como Image Comics, Upper Deck, Mattel, Warner Bros entre outras. Já ilustrou quadrinhos como New X-Men, Venom, Homem-Aranha, Tocha Humana e muito mais. Ler o resto deste post →