Resenha – A Torre Negra: O Pistoleiro

novembro 12, 2013 em Livros, Resenhas por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

Resenha A Torre Negra O Pistoleiro capa arma

Após a leitura de A Zona Morta, este foi o segundo livro de Stephen King que leio, e pretendo finalizar a leitura dos sete títulos que compõem a série até o final de 2013. Apesar de ser apontado como um dos mestres do terror e do suspense da atualidade, tanto A Zona Morta quanto A Torre Negra (pelo menos, por enquanto) são títulos escritos em outros vieses, a saber, o primeiro tende ao drama, e o segundo à fantasia, ficção científica e um pouco de faroeste (embora contenha alguns toques de horror e outros gêneros). Logo, deixarei para conhecer os livros de horror mais clássicos em outra ocasião. Contudo, a Torre Negra é uma série marcante na carreira do autor, tanto que, quando o King sofreu um acidente de carro que quase o matou, muito de seus leitores disseram “Ah, lá se vai o final de A Torre Negra”, posto que a série ainda encontrava-se inacabada na época. Na verdade, ela aparentemente ainda está inacabada, já que o autor lançou um oitavo volume cujo enredo situa-se entre o terceiro e quarto livro. Ler o resto deste post →

Pare de perder seu tempo e LEIA UM LIVRO!

outubro 4, 2013 em 42, Artigos e Notícias, Literatura, Livros, Opinião, Sociedade por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

Segundo dados da pesquisa da 3 º edição Retratos da Leitura no Brasil, organizada pelo Instituto Pró-Livro, em 2011, a leitura encontra-se em 7º lugar nas atividades do brasileiro em seu tempo livre. Assistir televisão é o passatempo predileto do povo, seguido de escutar rádio ou música. Vale ressaltar que a pesquisa inclui leitura de jornais, revistas e textos da internet, ou seja, não é propriamente literatura. Vocês podem conferir a lista completa abaixo. Claro que isso é apenas uma generalização. Eu, por exemplo, colocaria a televisão nas últimas colocações e a leitura de livros figuraria nas primeiras.

Ler o resto deste post →

Resenha РOs Rob̫s, de Isaac Asimov

setembro 22, 2013 em Livros, Resenhas por Daniel Arquimedes

Share Button

capa os robos isaac asimov

Eu fui à livraria de usados procurar o que ler. Tinha em mente algum título de ficção científica, devido à gratificação que tive em Admirável Mundo Novo. Procurei alguns nomes na internet e sempre me vinha Isaac Asimov como “O grande gênio da ficção científica”. Perguntei ao atendente da livraria, que julgamos naturalmente que entenda de literatura, o que ele tinha de Asimov. Ele me respondeu que seus títulos estavam em falta e só havia um livro dele lá, mas que Os Robôs era um dos “piorzinhos” e não me recomendava a leitura. Achei curioso o próprio atendente da livraria dizer para não ler tal livro, ainda mais sendo esse do “grande gênio…”. A curiosidade e a vontade de me aprofundar no gênero foi maior e acabei o comprando. Li e estou aqui para dizer o que achei.

Ler o resto deste post →

Resenha: 1 Litro de Lágrimas – Diário da garota Aya

setembro 18, 2013 em Criticas, Livros, Resenhas por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

A degeneração espinocerebelar é uma doença rara que destrói gradualmente as células nervosas do cerebelo, tronco cerebral e medula espinhal.  As consequências são bem cruéis para o portador, que aos poucos percebe certas dificuldades com relação ao seu corpo. Os sintomas incluem perda da fala, dificuldade de engolir, incapacidade de ler e escrever, inabilidade de reconhecer distâncias, falta de equilíbrio, rigidez dos músculos, perda de movimentos e etc. Todos esses agravantes ocorrem vagarosamente, dando ao portador da doença a impressão de que ele está perdendo o seu corpo. Eventualmente, o enfermo acaba em um leito aguardando a morte. A expectativa de vida para quem possui essa doença é de 21 anos. Não há cura! O máximo que é possível fazer é retardar seu avanço. Uma das pessoas alvejada pela degeneração espinocerebelar foi a japonesa Aya Kito, que lutou bravamente contra essa enfermidade e registrou todas as suas dificuldades  num diário posteriormente publicado com o nome de 1 Litro de Lágrimas (Ichi rittoru no namida).

Ler o resto deste post →

Resenha: Anjos da Morte, de Eduardo Spohr

setembro 6, 2013 em Artigos e Notícias, Literatura, Livros por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

Eduardo Spohr, sobretudo para o público mais nerd, dispensa apresentação. O escritor de literatura fantástica brasileira, autor do best-seller A Batalha do Apocalipse, trabalha atualmente a trilogia Filhos do Éden, ambientada no mesmo universo do primeiro romance, dos quais já foram lançados dois volumes, a saber, Herdeiros de Atlântida e Anjos da Morte. Ler o resto deste post →

Recomendação – O Pequeno Príncipe, de Antonie de Saint-Exupéry.

setembro 3, 2013 em 42, Artigos e Notícias, Criticas, Literatura, Livros, Opinião por Bianca Linguicinha

Share Button

capa postagem o pequeno príncipe recomendação

“Livro de criança? Com certeza. Livro de adulto também, pois todo homem traz dentro de si o menino que foi”. – O Pequeno Príncipe.

Ler o resto deste post →

Recomenda̤̣o РA Culpa ̩ das Estrelas

agosto 27, 2013 em 42, Artigos e Notícias, Cinema e TV, Criticas, Filmes, Literatura, Livros, Opinião por Bianca Linguicinha

Share Button

“Você vai rir, vai chorar e ainda vai querer mais.” Markus Zusak, A Menina que Roubava Livros.

Ler o resto deste post →

Ler um livro por/para estar na moda. Sério?

agosto 14, 2013 em 42, Artigos e Notícias, Literatura, Livros, Opinião por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

Livros cativam seus respectivos leitores de forma muito particular. As breves linhas de uma sinopse são sedutoras, arrancam suspiros e provocam frases como “Hm, interessante.” Uma capa deslumbrante capaz de atrair um olhar fixo por alguns segundos  tem o poder de escancarar a boca por onde um “Uau!” é proferido. O primeiro capítulo, as primeiras páginas, o primeiro parágrafo ou quem sabe até as primeiras linhas degustadas são indicadores que convencem o leitor. Deixando os aspectos do livro de lado, a opinião de um amigo leitor que corre até você dizendo “cara, esse livro é f***” também acaba se tornando um motivo, mesmo que seja apenas para seu amigo parar de encher o seu saco. As resenhas literárias também influenciam bastante a imagem de um livro, e, quando bem escritas, provavelmente tornam-se os melhores guias para o leitor. Às vezes, um fórum de discussão nas redes sociais ou simplesmente uma conversa em grupo em torno de uma obra podem elevar sua curiosidade em lê-la. Mas, e quando determinado livro é alvejado pelas luzes da moda, tornando-se um best-seller, valeria a pena mergulhar nessa leitura tão recorrente no mercado? Ler o resto deste post →

Explicando o feudalismo com Game of Thrones.

agosto 4, 2013 em Artigos e Notícias, Cinema e TV, Literatura, Livros, Séries por Daniel Arquimedes

Share Button

capa explicando o feudalismo game of thrones

Toda ficção é baseada em conceitos pré-existentes. É praticamente impossível  criar um conceito totalmente novo. Quer um exemplo? Tente imaginar uma realidade onde existam quatro dimensões espaciais em vez de três. Não há como imaginar isso, por que vivemos em uma realidade com três dimensões espaciais. Mesmo que você se esforce muito, não será possível nem criar uma imagem mental , pois nunca vimos nada que nos dê uma pista de como fazê-lo. Sendo assim, sempre é possível fazer relações entre o ficcional e o real. E isso deveria ser usado, na minha opinião, inclusive como material didático nas escolas já que muitas vezes os alunos se interessam mais por vídeo games, livros e seriados do que pela a história real. Uma das melhores comparações que se pode fazer é entre o sistema político de Westeros e o feudalismo que nós já conhecemos. Ler o resto deste post →

A Nova Ether – O mundo mágico de Raphael Draccon

julho 24, 2013 em 42, Livros por Luiz Fernando Teodosio

Share Button

dragões de éter a nova éther O mundo mágico de Raphael Draccon capa

A massiva divulgação sobre os livros estrangeiros, principalmente os best-sellers, permitem que esses títulos caiam rapidamente nas mãos do leitor. São poucos os autores brasileiros de literatura de gênero que conseguem destaque nas livrarias. Para citar alguns, André Vianco, com seus romances vampirescos, Eduardo Spohr, com seu universo angelical, Carolina Munhóz, com suas fadas, Raphael Draccon (o responsável por ter trazido As Crônicas de Gelo e Fogo para o Brasil), com seu mundo de Nova Ether, e outros escritores que já possuem um público considerável. Mas é sobre um dos livros deste último autor (Raphael Draccon), o foco desse texto.  Vamos mergulhar no cenário onírico de Dragões de Éter — Caçadores de Bruxas. Como diz o narrador do livro: “E um. E dois. E três.” Ler o resto deste post →