Resenha – A Torre Negra: As Terras Devastadas

novembro 27, 2013 em Literatura, Resenhas

Share Button

Em O Pistoleiro, primeiro volume da Torre Negra, somos jogados no Mundo Médio sem qualquer referência ou explicação do que está acontecendo com esse mundo que “seguiu adiante”, simplesmente acompanhamos o pequeno arco de um pistoleiro perseguindo um misterioso homem de preto, e a história termina com um aspecto introdutório de que a trama (re)começará daquele ponto. No volume seguinte, A Escolha dos Três, o cenário da história dividi-se entre a nossa realidade e o Mundo Médio de Roland de Gilead; novos personagens, que irão compor o núcleo de aventureiros do pistoleiro em busca da Torre Negra, são apresentados em luta com seus próprios conflitos internos. Já em As Terras Devastadas, a jornada de Roland finalmente parece ter início, além da adição do último membro de seu grupo que faz uma ponte com acontecimentos mostrados no primeiro livro.

Ler o resto deste post →

Resenha РA Torre Negra: A Escolha dos Tr̻s

novembro 20, 2013 em Literatura, Resenhas

Share Button

A desvantagem na leitura de uma série literária, quando seus volumes não são lidos consecutivamente, é o esquecimento de alguns fatos anteriores no enredo, o que obriga o leitor a reler um ou mais livros para atualizar a memória. Mas no caso de A Escolha dos Três, segundo volume da série A Torre Negra, Stephen King traz no prefácio um sucinto resumo dos principais acontecimentos de O Pistoleiro, informações suficientes para refrescar a memória do leitor.

Ler o resto deste post →

Resenha – A Torre Negra: O Pistoleiro

novembro 12, 2013 em Livros, Resenhas

Share Button

Resenha A Torre Negra O Pistoleiro capa arma

Após a leitura de A Zona Morta, este foi o segundo livro de Stephen King que leio, e pretendo finalizar a leitura dos sete títulos que compõem a série até o final de 2013. Apesar de ser apontado como um dos mestres do terror e do suspense da atualidade, tanto A Zona Morta quanto A Torre Negra (pelo menos, por enquanto) são títulos escritos em outros vieses, a saber, o primeiro tende ao drama, e o segundo à fantasia, ficção científica e um pouco de faroeste (embora contenha alguns toques de horror e outros gêneros). Logo, deixarei para conhecer os livros de horror mais clássicos em outra ocasião. Contudo, a Torre Negra é uma série marcante na carreira do autor, tanto que, quando o King sofreu um acidente de carro que quase o matou, muito de seus leitores disseram “Ah, lá se vai o final de A Torre Negra”, posto que a série ainda encontrava-se inacabada na época. Na verdade, ela aparentemente ainda está inacabada, já que o autor lançou um oitavo volume cujo enredo situa-se entre o terceiro e quarto livro. Ler o resto deste post →